Meu Olhar...

 

 

 

 

 

 

Há muito , muito, muito tempo não tenho um namorado.
Tive fãs,amigos, interessados, encantados,partilhados, noivos,
marido, primeiro beijo, mas namorado mesmo, aquele que prensa no automóvel,
adora andar de mãos dadas, roça-se, encosta-se lá e cá,
para quem a gente se veste e sente aquele friozinho , antes da chegada.

Quando a nossa música toca,os calafrios se sucedem.
Não, não, não , há muito,muito tempo não tenho namorado.
Até acho, que o namoro é o grande acontecimento de uma relação.
Com as propagandas do dia dos namorados, perguntei-me : para que me serviria um namorado?

Não uso mais, a bolsa a tira colo, importantíssima, para uma namorada.
Não frequento nenhuma escola, onde ele iria me buscar.
Não me perfumo, a não ser com lavandas muito leves.
Isso embaraçaria o namorado na hora de me presentear.
Tornei-me semi-vegetariana, o que tira todo o prazer de um convite para jantar.
Nunca mais morei em casa, não teria portão para namorar.

Com a paciência adquirida nesse tempo passado,
eu não provocaria mais as crises para fazer as pazes.
Essa mesma paciência, faria de mim, a futura nora ideal.

Seria péssima companheira para noitadas.

Prefiro o silêncio sem álcool e amendoins japoneses.

Não,não me tornei uma chata. Me faço e sou boa companhia.
Cuido da minha saúde física, mental e espiritual( namorado odeia, especialmente as duas últimas).
Gosto muito de cinema,conversar sem tempo para acabar, encontrar novos e velhos amigos,
discutir os últimos filmes e me manter informada.

Rio muito das besteiras que faço e acontecem.

Minha sensibilidade e emoção se aprimoraram e não é qualquer namorado que aguentaria.
Espero , que nem todos dessa geração, tenham deixado de namorar e só saibam ficar.
Foi tudo ótimo quando houve um namorado.

Está tudo ótimo,agora, sem namorado!

 

Vera Maria Sangiorgi 06/06/13

Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br